• English
  • Português
  • Español

Polícia Federal Republicana

 

Mais investimentos, mais operações, mais bandidos presos e organizações criminosas desbaratadas

A estratégia dos governos Lula e Dilma sempre foi valorizar delegados e agentes, investir fortemente em inteligência e armamentos, com aquisição de equipamentos de última geração, para responder ao poder de fogo e financeiro de organizações criminosas envolvidas com o narcotráfico, contrabando de armas, roubo de cargas, corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros.

Nos oito anos do governo Lula, a Polícia Federal realizou 1.273 operações envolvendo investigações a longo prazo e mobilização de policiais para efetuar várias prisões simultâneas, com o saldo de 15.754 pessoas presas. No governo Dilma, o ritmo foi ainda mais intenso: de janeiro de 2011 a abril de 2014 aconteceram nada menos que 922 operações, que resultaram em mais de 6.400 prisões.

Saiba mais sobre a nova Polícia Federal, republicana e eficiente, aqui.

Polícia Federal – Tecnologia e inteligência a serviço da cidadania