• English
  • Português
  • Español

Bolsa Família

Imagem topo: 

Sabe como começou aquela conversa de que o Bolsa Família gera preguiça? Começou com os grandes proprietários de terra reclamando que o programa estava acabando com a mão de obra no campo.

Português, Brasil

Dos 4,5 milhões de brasileiros que formalizaram seus negócios aderindo ao Programa Microempreendedor Individual (MEI), cerca de 10% são beneficiários do Bolsa Família. Nas regiões Norte e Nordeste, os percentuais são bem maiores: 35,8% e 37,8%, respectivamente. Quando se formaliza, o microempreendedor tem maiores facilidades para abrir conta bancária e obter crédito, passando a contar também com cobertura previdenciária – incluindo licença-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria.

Português, Brasil

1,3 milhão de pessoas de baixa renda inscreveram-se no Pronatec, para aprender profissão e ter emprego qualificado Foto: Ana Nascimento/MDSHá quem diga que o Bolsa Família não tem portas de saída. Mas a verdade é que ele oferece várias portas de entrada – para a dignidade, a cidadania, o futuro. A partir do programa, o beneficiário tem acesso a muitas outras oportunidades, e as agarra com unhas e dentes.

Português, Brasil

1,7 milhão de famílias já abriram mão voluntariamente do benefício, em dez anos, porque conseguiram melhorar de vida, alcançando uma renda per capita superior a R$ 140,00. Além delas,  1 milhão de famílias não se recadastraram, provavelmente pelo mesmo motivo.

Português, Brasil

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que nos 500 municípios que mais concentram beneficiários do Bolsa Família, o aumento do mercado formal de trabalho (emprego com carteira assinada) foi de 69,3%. No Nordeste, região com maior número de beneficiários do programa, o crescimento do emprego formal chegou a 64,8%. Ou seja: ao contrário do que alguns críticos ainda insistem em dizer, o Bolsa Família é uma poderosa ferramenta de estímulo ao trabalho.

• O Bolsa Família e o emprego formal

Português, Brasil

Selma da Silva, diarista - Formosa/GO

"Com o dinheiro da Bolsa Família completando o que a gente ganhava, eu e meu marido conseguimos construir nossa casa. Hoje eu vejo que a exigência que eles faziam para pagar a Bolsa, de manter as crianças na escola, vacinar, foi tão importante quanto a casa, porque além de ter onde morar, a gente ainda tem saúde".

Português, Brasil

Manoel dos Santos e Evangelina dos Santos (marido e mulher),  agricultores - Neópolis/SE

Manoel: "Moço, eu fico num estado alterado quando escuto alguém falar que quem recebe Bolsa Família não quer trabalhar. Manda vir ver aqui em Neópolis! Depois que chegou o Bolsa Família a cidade floresceu, as mulheres começaram a fazer os artesanatos de renda e vender lá em Penedo (Alagoas). E nós fomos produzir pra abastecer as pousadas. Isso foi de dez anos pra essa época, não foi Lina?"

Português, Brasil

Debora Evelinn Coelho, estudante - Inajá/PE

"Muitos criticam o Bolsa Família, mas poucos conhecem a realidade do Nordeste do Brasil. Com o Bolsa Família, as famílias de baixa renda puderam comprar ração para os animais, semente para o plantio, adubo e insumos agrícolas e sustentar a família. Isso por exemplo, na cidade de Inajá-PE, incentivou a abertura de mais mercadinhos. Onde, antes, só existiam três mercadinhos, hoje existem mais de 20, que acabam por empregar em média mais de 100 pessoas".

Português, Brasil

Maria Valquíria, moradora do Varjão - Distrito Federal

"A minha vida era outra antes do Bolsa Família. Meus filhos iam à escola e dividiam o caderno, porque eu não tinha condições de comprar mais de um. Hoje, saímos do nosso barraco de madeirite, vivemos em uma casa de alvenaria, tenho todos eles criados e educados e uma condição de vida bem melhor. Acho importante mostrar para todo mundo que o Bolsa Família muda a vida das pessoas".

Português, Brasil

"Nós sabemos que o Bolsa Família nunca veio para ser o fim do caminho, mas sim uma ponte, nunca veio para ser o topo da escada, mas sim o primeiro degrau. Veio, como já disse o presidente Lula, para ser a porta de saída da miséria e a porta de entrada em um mundo com futuro e com esperança."

 

Português, Brasil